terça-feira, 21 de junho de 2016

Ética nas Redes Sociais – A Caminho do Sucesso



Quem está começando uma Fanpage ou Instagram com o objetivo de divulgar produtos ou serviços, deve prestar atenção em alguns detalhes importantes.
Uma boa Fanpage ou Instagram tem que mostrar muito mais do que um produto, marca ou serviço. 
Ela reflete a tua identidade, a filosofia que você acredita por trás do que posta e de como posta.

Então, seguem algumas dicas:

- No Facebook não se cria perfil para empresas. Além de mostrar amadorismo, é proibido pelas diretrizes do Facebook. Crie Fanpage vinculada a sua conta pessoal.

- Programar postagens é útil para agências, que cuidam de várias páginas ao mesmo tempo. Mas não traz tanto resultado quanto elaborar alguns conteúdos diariamente. O que hoje todos estão comentando nas redes, daqui a uma semana não fará mais sentido. Então é fundamental estar atento aos acontecimentos diários, datas comemorativas, vídeos virais.

- Conteúdo relevante e original em uma rede é essencial. E o jeito que você passa isso para os teus seguidores faz toda a diferença. Tem que ter uma ótima escrita, erros de português nem pensar. Criatividade faz toda a diferença.

- Imagem é tudo. Capriche nas fotos. Divulgue um produto de maneira que as pessoas ao olharem a imagem, desejem o mesmo. Fotos desfocadas, excesso de montagens e efeitos, fontes de difícil leitura acabam desvalorizando muito o que quer que seja. O básico e clean sempre funcionam bem.

- Mais importante que ter milhares de seguidores e fãs, é ter engajamento. 
Isso inclui curtidas, compartilhamentos, comentários. 
Quanto mais pessoas estiverem falando sobre o que você esta postando, mais fãs fiéis você atrairá para a tua página.

- Investir em anúncios para ganhar curtidas não vale a pena. 
Não vai aumentar a tua visibilidade e nem te trará público fiel.  
Anúncios funcionam para promover ofertas, produtos e serviços.  
E é necessário entender bem do Facebook ads para ter o resultado pretendido. Senão, é dinheiro jogado fora.

- JAMAIS marque várias pessoas em uma postagem. A não ser que a pessoa apareça nela ou que seja muito íntima. Não tem coisa mais desagradável que tentar promover as redes desse jeito. Mostra desespero.

- JAMAIS crie um grupo no Facebook com várias pessoas pra promover algum serviço teu. O mesmo vale para o Whatsapp. Não tem coisa mais chata, e como o item anterior, mostra desespero e zero de profissionalismo.

- Se o teu Instagram é profissional, nada de selfies com bicos, caretas e coisas do gênero. Você pode postar foto tua de vez em quando. Se o teu Insta é para promover a tua pessoa, capriche nas fotos pessoais, mas não seja repetitivo. Postar fotos seguidas é uma péssima estratégia. Vai te trazer muitas descurtidas. Seja autêntico.


- Para saber mais, leia esse artigo que dou dicas para aumentar os seguidores e engajamento.


Presto consultoria, gerenciamento e criação de artes para redes sociais.
Tenho experiência prática há mais de 10 anos.
Entre em contato: 41 8885 1278 (Whatsapp)

Carolina Carvalho

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Dicas para Fanpage e Instagram - Aumente Seguidores e Engajamento


Tudo que vou escrever aqui é baseado em experiências pessoais.
Hoje minha Fanpage está com 66 mil fãs e o Instagram chegou aos 50 mil seguidores.
Meu alcance semanal na Fanpage já chegou a quase 2 milhões e meio de pessoas.
A média é 350 mil por semana, mas já passou de 1 milhão algumas vezes.
Tudo isso sem pagar um centavo.

Então resolvi escrever  em um grupo do Facebook, voltado para mídias sociais, sobre um desses resultados e também perguntei se havia interesse do grupo em receber algumas dicas.
Na ocasião o alcance da Fanpage estava em 1 milhão e meio,.
Mais de 100 pessoas me enviaram e-mail pedindo essas dicas. Eu enviei em PDF mas resolvi compartilhar aqui para facilitar, pois até hoje tem gente nessa postagem solicitando o material.

Vou focar as dicas no engajamento orgânico.
É óbvio que para vender serviço ou produto, os anúncios pagos são muito válidos.
O maior problema é que os clientes acham que basta criar uma Fanpage e encher de propaganda.
E que isso basta para gerar vendas e curtidas.

Nós que trabalhamos com isso temos que explicar que não é bem assim que funciona, por isso minhas dicas vão começar na captação do cliente:

- Fale SEMPRE para o cliente que o principal objetivo de uma Fanpage é fortalecer a marca, engajar pessoas, fidelizar consumidores.

- As pessoas não gostam de propaganda no Facebook.
Por isso é preciso muita criatividade para fazer campanhas. 
Seguem algumas dicas e considerações:

Dica ZERO) Antes de postar algo que você queira engajar, faça essas perguntas para você mesmo: você curtiria ou compartilharia o post na tua timeline? É interessante? É inovador? É algo repetitivo? Seja crítico com o teu trabalho.

1) Um bom relacionamento nas redes sociais é fundamental para o sucesso de Fanpages.
Quando você troca informações com pessoas que podem te ajudar na divulgação e compartilhamento de conteúdo, o resultado é incrível. Minha página cresceu muito graças a isso. Tenho ótimos amigos virtuais que fiz ao longo dos anos, com o mesmo perfil do que eu posto. Existe respeito, em primeiro lugar. Se você quer ter sucesso no teu trabalho, não crie crises. O teu trabalho é gerenciar as mesmas quando elas vêm de fora.
Poste conteúdo relevante. Se for para criticar, que seja uma crítica construtiva e apresente uma solução. Nas redes sociais e dentro de grupos do Facebook você tem a oportunidade de mostrar o teu trabalho.
E mostrando o teu trabalho, surgem oportunidades de novos trabalhos.
Se você age em determinado grupo como um chato, você acha que vai atrair clientes?

2) Conteúdo relevante: O clichê “pense fora da caixa” funciona e muito nas Fanpages.
Pense na filosofia por trás da fanpage que você administra e quais conteúdos, além do produto/serviço principal, poderia ser incluído.
Divida o conteúdo em 3: postagens institucionais, promocionais e visando o engajamento.
Não pesquise conteúdo só no google e muito menos dentro do próprio Facebook.
Pesquise no Pinterest, Tumblr e busque em inglês.
Traduza conteúdo de fora. E sempre, para qualquer coisa que você pegar, cite a autoria.
Se for postar uma arte pronta de alguma outra página, mencione a mesma.
Assim você ganha respeito. Mais original que isso e melhor ainda é você escrever o próprio conteúdo. Isso mostra que você domina o assunto e te dá muito mais credibilidade.

3) Comunicação: responda todas as mensagens da página. 
Combine com o cliente mensagens padrão, e-mail e WhatsApp para contato.
O modo de se comunicar mudou. Empresas que disponibilizam um canal de WhatsApp com o cliente estão na frente. As pessoas simplesmente não querem mais falar ao telefone. Em breve vou escrever um artigo focado nesse item.

4) Português impecável: Revise tudo que você escrever. Se o teu português não é bom e você quer trabalhar com Social Media, faça um curso de aprimoramento.

5) Participe de grupos relevantes. Procure grupos no Facebook onde você possa compartilhar o conteúdo das páginas de acordo com cada segmento.

6) Crie uma fanpage para você. Escolha um tema que você goste e crie uma página. Você vai ganhar experiência e gerar engajamento para outras páginas quando a tua estiver fazendo sucesso.

7) Capriche nas imagens: Rede social tem que passar realidade. Imagens “photoshopadas”, com cara de outdoor não funcionam. Tire as próprias fotos, procure imagens criativas, aprenda a editar textos em imagens. (Dica: canva.com) Textos com imagens funcionam melhor que só texto ou só imagem.

8) Poste todos os dias. Final de semana o movimento cai, mas se você quer sucesso, poste mais de uma vez por dia, incluindo finais de semana. Começo da manhã, horário do almoço, final de tarde e início da noite são os melhores horários. Preste atenção nas datas comemorativas.

9) Para que as visualizações orgânicas aumentem, peça para o cliente também curtir e compartilhar as postagens. Quanto mais um post é curtido, mais ele aparece e assim o engajamento sobe.

10) Páginas parceiras: Uma coisa que construí com o tempo e que mais me deu resultado foi outras páginas compartilharem meus posts. Hoje compartilho outras páginas menores e ajudo a crescerem também. Mas para ser divulgado é importante você não ser um chato e ficar pedindo troca de divulgação nas páginas relevantes. Comece você compartilhando outras páginas sem pedir favor em troca. Conteúdo bom as pessoas compartilham.

11) Pesquise o concorrente. Não copie o que ele posta. Vá além. Seja pioneiro, crie tendências e esteja sempre um passo a frente.

Para reforçar a sua marca, tenha outras redes sociais integradas.
Quando eu posto no meu Instagram, por exemplo, compartilho no Tumblr e Twitter. Também posto no Pinterest. No Instagram uso hashtags que também ajudam.

Para concluir, volto a falar sobre RELACIONAMENTO.
Seja educado. Respeite pessoas com opiniões diferentes das tuas. Não crie polêmicas. Saia delas. Você trabalha para tirar o cliente de crises. Comece a agir de acordo com o que pede teu trabalho.

Nem tudo na vida é sobre dinheiro.
Não pense que você vai ganhar fácil e trabalhando pouco igual muitos (falsos) gurus de marketing digital prometem. Para começar a ganhar você vai ter que se dedicar muito. Tem que amar o que faz. E principalmente, se pretende trabalhar com mídias sociais, você precisa ser uma pessoa muito gente boa. Tudo envolve relacionamento, criatividade e persistência.

Carolina Carvalho (ByNina)
Contato Whatsapp: 41 8885 1278

Resultados:



INSTAGRAM



FANPAGE:




















ABRIL 2016







sábado, 21 de novembro de 2015

Esqueça tudo que você acha que sabe sobre relacionamentos. (Pelo menos até acabar de ler esse texto.)




Vamos começar com aquela história de que quando é para dar certo até o Universo conspira.
Isso não é uma verdade absoluta.

Se você busca alguém para fazer parte da tua vida, esqueça os contos de fadas, as histórias das amigas, as dicas de revistas, os filmes românticos.
Antes da busca você precisa se encontrar. E isso tem a ver com estar de bem consigo mesma, em estar feliz sozinha, em transbordar amor próprio.
A busca nunca deve vir para preencher os seus vazios.
Só existe a possibilidade de encontro quando você abre o seu coração, e sem escudos ou amarras, se joga ao mundo com a certeza do que você realmente quer.
Não aceite menos do que isso.

Conhecer alguém leva tempo.
Por isso, preste atenção:

1) Não se submeta ao que não te faz bem.
Se você começar a se relacionar com alguém e estiver gostando, não esconda os teus sentimentos. Você não precisa dizer que está apaixonada, mas deve deixar claro o que espera da relação. Manter um mistério pode ser instigante, mas joguinhos, nunca.
 A sinceridade pode afastar quem não está nem aí para você, mas vai manter do teu lado quem realmente vale a pena.

2) Não confunda intensidade com impulsividade.
Vá com calma. Nada de exigir, cobrar, pegar no pé, ter crise de ciúmes.
Namorar vai além de rótulos. Você não precisa mudar status de relacionamento no facebook e sair postando fotos com o cara já no começo. Aliás, nem deve. Namoro é intimidade. Intimidade cresce com o tempo. Preserve a mágica entre vocês, intensamente, a dois.

3) Observe.
Quanto mais você deixar o outro livre, mais você vai conhecer como ele é.
Não queira mudar a vida dele. Não interfira em nada. Somente assim e com o tempo, você vai perceber o quanto é prioridade na vida dele. E assim decidir se ele se encaixa na tua vida.
E lembre-se, o teu comportamento estará sendo observado por ele também.

4) O tempo dele é diferente do teu.
Está aí uma coisa que a gente sabe, ouve, mas custa a entender.
Geralmente o homem demora mais para se entregar. Homens são racionais. Mulheres, desesperadas. Querem tudo pra ontem. Então, desacelere.
Não tem coisa pior do que exigir do outro alguma coisa. Se ele diz não uma vez, não insista.
Lembre que o relacionamento é a dois. Não seja egoísta e egocêntrica. Deixe a criança mimada e manhosa de lado e seja mulher.
Se com o tempo, o comportamento dele não te agradar e ele deixar a desejar, converse.
Deixe claro o que você espera.
Se nada mudar, desista.
Mesmo gostando do cara, você sempre deve gostar muito mais de si mesma.

5) Cuidado com os impulsivos.
Mal vocês começaram a sair e ele já se declara, faz planos, te liga e manda mensagens o tempo todo, fala tudo que você sempre sonhou ouvir e faz coisas que homem nenhum fez pra você.
Sim, para muitas pode parecer contos de fadas, mas não se engane. Homem assim tende a desapegar com a mesma intensidade e rapidez que se entregou. Nesse caso, você tem que desacelerar e não cair no ritmo frenético dele. Tome cuidado.
Isso é típico de homem mulherengo, depois da conquista vai te manter em “banho-maria” como faz com as outras.

6) Visualizada e não respondida não é o fim do mundo.
Se você tem amigos homens, com certeza já mandou textos enormes falando sobre cinco assuntos diferentes e ele, teu amigo, respondeu dois dias depois sobre algo que não tinha a ver com nada do que você escreveu.
E nem por isso você surtou e achou que ele não era mais teu amigo.
O celular é uma faca de dois gumes. As pessoas trabalham, têm compromissos, preocupações e nem sempre estão disponíveis e com vontade de falar. A maioria dos homens tem preguiça de muito “mimimi”. Se ele não respondeu, espere ele te procurar. Se não procurar e sumir, não era pra ser. Existe muito homem babaca, mas também existe muita mulher sem noção:
se ele sumir depois que você mandou dezenas de mensagens em tudo quanto é rede social, ligou, esperneou e foi uma chata, ele sumiu com razão. Essa facilidade e rapidez de comunicação que as redes sociais trouxeram, transformaram as mulheres em adolescentes no quesito “como agir”.
Um dos maiores erros que cometemos é julgar o outro. Antecipamos problemas que nem existem, surtamos e depois, chamadas de loucas, ainda reclamamos. E obviamente, perdemos.
 Acredito que muitas de vocês já cometeram esse erro. Mas por favor, que não se repita.
Homem nenhum gosta de se sentir pressionado. E homem nenhum tem que estar 24 horas do dia disponível para você. Respeite a individualidade dele.

7) Fuja de homem folgado.
Um exemplo é o cara que sempre tem uma desculpa quando você quer sair, para não te ver, mas ainda assim te procura de vez em quando.
Você aceita na hora, mesmo que já esteja de pijama, quase dormindo, ou larga “seja lá o que estiver fazendo” para sair com ele.
E em menos de uma hora está pronta, arrumada, linda, maravilhosa e ainda sai atrás de onde ele mandar você ir. Valorize-se. Você não é “Disk Pizza”. Homem folgado não te merece. E se você vive algo parecido porque está apaixonada, saia dessa agora!

8) Valores.
Preste atenção nos valores que ele carrega. Em como ele se relaciona com a família, amigos e com as pessoas no geral. Boa educação é fundamental. O modo como ele trata os outros será exatamente o mesmo que ele tratará você.

9) Seja para ele como você gostaria que ele fosse para você.
Ninguém quer do lado uma pessoa amargurada, pesada, que só fala de problemas e vive reclamando de tudo. Dê o teu melhor. Seja autêntica, carinhosa, mas equilibrada. Não exagere para não sufocar.
E não espere que ele retribua da mesma forma que você.
Os homens têm maneiras diferentes de mostrar o que sentem. E geralmente são bem melhores nas atitudes do que nas palavras. E se assim for, fique tranquila.

10) Fuja de regras. Inclusive de algumas dessas.
Pode parecer contraditória essa regra.
Mas tudo que foi dito aqui é generalizado e talvez alguma coisa não se encaixe para você.

A verdade é que cada relacionamento é único.
O mais importante é você estar vivendo algo que te faça bem e feliz.
É viver intensamente cada momento, sem se preocupar tanto com o dia de amanhã.

E quanto à frase citada no início do texto sobre o Universo conspirar a favor, ele conspira somente quando o casal está disposto a fazer dar certo.  O sucesso de um relacionamento não depende só do amor, mas também de como as dificuldades e diferenças são contornadas por ambos.
É quando além da química, existe a confiança, o respeito, a cumplicidade, o companheirismo.
É a energia boa do relacionamento que vai fazer o amor permanecer.

E se um dia não der mais certo, as lembranças serão boas e o carinho será mantido.


ByNina (Carolina Carvalho)
@instabynina

Texto escrito para a Conti Outra

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

SEJA UMA PESSOA MELHOR




Pensa comigo: você passa um tempo do teu dia nas redes sociais, lendo notícias e outras coisas do teu interesse.
De repente, lê algo que não concorda. Vai lá e destila todo teu ódio e repulsa. Além disso, faz questão de compartilhar o tal absurdo nas redes. Aí eu te pergunto? Pra que?
Primeiro: você só deu mais "IBOPE" para o que você leu. Segundo: você perdeu teu tempo fazendo tudo isso.
Ódio, raiva, são sentimentos presentes na vida de qualquer pessoa. Mas você tem que aprender a conviver com esses sentimentos, sem agredir quem quer que seja.
As revistas de fofocas continuam fazendo sucesso porque as pessoas continuam incrivelmente interessadas mais pela vida dos outros que pela própria vida.
E como é fácil julgar, quando não é você o protagonista da história.

Você tem todo o direito de se expressar. Mas também tem todo o direito de filtrar o que você lê.
Promova as tuas crenças sem agredir quem pensa diferente de você.
Não use a vida de outras pessoas para promover a tua. Porque é exatamente o que parece: quanto mais ódio leio, mais sinto pela pessoa que escreveu tudo aquilo. Independente dela ter ou não razão.
Sim, temos que lutar por tudo aquilo que acreditamos.
Fazer o possível para viver numa sociedade mais justa.
Acredito também que palavras tem poder.
Lute de forma positiva. Troque a palavra preconceito, por igualdade. Corrupção por justiça. Assim você não precisa mais lutar contra alguma coisa. E sim a favor de algo que terá um resultado muito melhor.
Acredito que tudo que a gente fala ou faz volta pra gente. E quanto mais você falar de ódio, injustiça, crise, falta de dinheiro - são essas as palavras que estarão no teu subconsciente. São negativas. E é isso que você vai atrair pra você.
Tem muita coisa que nos desagrada. Muita coisa que nos choca e muita coisa que está errada nesse nosso mundo.
Lutar por um mundo melhor só é possível se você primeiro, parar de lutar contra si mesmo.
Aceite quem você é. Olhe pra dentro, procure se conhecer mais.
Cresça, amadureça, leia mais.
Aumente teu senso de humor.
Faça tudo que puder para ser uma pessoa melhor.
Porque é disso que o mundo mais precisa.
ByNina (Carolina Carvalho)
@instabynina

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Algo extraordinário está acontecendo no mundo - por Gustavo Tanaka



Ainda não nos demos conta de algo extraordinário que está acontecendo.
Há alguns meses, me descolei da sociedade, me libertei das amarras e medos que me prendiam ao sistema. E desde então, passei a ver o mundo sob uma diferente perspectiva. A perspectiva de que tudo está se transformando e a maioria de nós sequer se deu conta disso.
Por que o mundo está se transformando? Nesse post vou listar os motivos que me levam a acreditar nisso.

1- Ninguém aguenta mais o modelo de emprego
Cada um está chegando no seu limite. Pessoas que trabalham em grandes corporações não aguentam mais seus empregos. A falta de propósito começa bater à porta de cada um como um grito de desespero do peito.
As pessoas querem sair. Querem largar tudo. Veja quantas pessoas tentando empreender, quantas pessoas tirando períodos sabáticos, quantas pessoas estão em depressão no trabalho, quantas pessoas em burnout.

2- O modelo do empreendedorismo também está mudando.
Há alguns anos, com a explosão das startups, milhares de empreendedores correram para suas garagens para criar suas ideias bilionárias. A glória dos empreendedores era conseguir um investidor. Grana do investidor na mão era praticamente a taça da copa do mundo.
Mas o que acontece quando você recebe um aporte de investidor?
Você volta a ser um funcionário. Você tem pessoas que não estão alinhadas com seu sonho, que não estão nem aí para seu propósito e tudo passa a girar em função do dinheiro. O retorno financeiro passa a ser o principal driver.
Muita gente está sofrendo com isso. Excelentes startups começaram a patinar porque o modelo de buscar dinheiro nunca tem fim.
É preciso uma nova forma de empreender. E tem muita gente boa já fazendo isso.

3- O surgimento da colaboração
Muita gente já se ligou que não faz sentido ir sozinho. Muita gente já acordou para essa loucura que é a mentalidade do “cada um por si”.
Pare e pense friamente. Não é um absurdo, nós que somos 7 bilhões de pessoas vivendo no mesmo planeta, nos separarmos tanto? Que sentido faz, você e as milhares (ou milhões) de pessoas que vivem na mesma cidade virarem as costas umas para as outras? Cada vez que começo e pensar nisso, fico até desanimado.
Mas felizmente as coisas estão mudando. Todos os movimentos de economia colaborativa estão apontando nessa direção. A direção da colaboração, do compartilhamento, da ajuda, de dar as mãos, da união.
E isso é lindo de se ver. Até emociona.

4- Estamos começando finalmente a entender o que é a internet
A internet é uma coisa incrivelmente espetacular e somente agora, depois de tantos anos, estamos conseguindo entender o seu poder. Com a internet, o mundo se abre, as barreiras caem, a separação acaba, a união começa, a colaboração explode, a ajuda surge.
Alguns povos fizeram revoluções com a internet, como a Primavera Árabe. Aqui no Brasil estamos começando a usar melhor essa ferramenta magnífica.
A internet está derrubando o controle de massa. Não tem mais televisão, não tem mais uns poucos jornais dando as notícias que querem que a gente leia. Cada um vai atrás daquilo que quer. Cada um se une com quem quiser. Cada um explora o que quiser explorar.
Com a internet, o pequeno passa a ter voz. O anônimo passa a ser conhecido. O mundo se une. E o sistema pode quebrar.

5- A queda do consumismo desenfreado
Por muitos anos fomos manipulados, estimulados a consumir como loucos. A comprar tudo que era lançado, a ter o carro mais novo, o primeiro iphone, as melhores marcas, muita roupa, muito sapato, muito muito, muito tudo.
Mas as pessoas já começaram a sacar que isso tudo não faz sentido. Movimentos como o lowsumerism, slow life, slow food, começam a aparecer pra mostrar que nos organizamos da forma mais absurda possível.
Cada vez menos gente usando carro, cada vez menos pessoas comprando muito, cada vez mais gente trocando roupas, doando, comprando usado, dividindo bens, compartilhando carros, apartamentos, escritórios.
A gente não precisa de nada disso que falaram que a gente precisava.
E essa consciência quebra qualquer empresa que vive do consumo desenfreado.

6- Alimentação saudável e orgânica
A gente era tão louco que aceitou comer qualquer lixo. Era só ter um sabor gostoso na língua que beleza.
A gente era tão desconectado, que os caras começaram a colocar veneno na nossa comida e a gente não falou nada.
Mas aí um pessoal começou a acordar e começaram a dar força pro movimento de alimentação saudável, de consumo de orgânicos.
E isso vai ganhar força.
Mas o que que isso tem a ver com economia e trabalho? Tem tudo a ver!
A produção de alimentos é a base da nossa sociedade. A indústria alimentícia é uma das principais do mundo. Se a consciência muda, se nossa alimentação muda, a forma de consumo muda, e as grandes corporações precisam acompanhar essas mudanças.
O pequeno produtor está voltando a ter força. As pessoas começando a plantar sua própria comida também.
E isso muda toda a economia.

7- Despertar da espiritualidade
Quantos amigos você tem hoje que fazem yoga? E meditação?
Quantas pessoas faziam isso 10 anos atrás?
A espiritualidade por muitos anos era coisa do pessoal do esoterismo. Era coisa de gente esquisita do misticismo.
Mas felizmente isso está mudando. Chegamos no limite da nossa racionalidade. Pudemos perceber que só com a mente racional não conseguimos entender tudo que se passa aqui. Tem mais coisa acontecendo e eu sei que você quer entender.
Você quer entender como essas coisas que acontecem aqui funcionam. Como a vida opera, o que rola depois da morte, o que é essa parada de energia que tanto falam, que que é física quântica, como é que os pensamentos podem se materializar e criar nossa realidade, o que são as coincidências e sincronicidades, por que quem medita é mais tranquilo, como é possível curar com as mãos, e essas terapias alternativas que a medicina não aprova, mas funcionam?
Empresas promovendo meditação aos funcionários. Escolas ensinando meditação para crianças.

8- Movimentos de desescolarização
Quem criou esse modelo de ensino? Quem escolheu as matérias que você precisa estudar? Quem escolheu os temas que são estudados nas aulas de história? Por que não nos ensinaram sobre outras civilizações antigas?
Por que uma criança deve aprender a obedecer regras? Por que ela deve assistir a tudo em silêncio? Por que ela deve vestir uniforme?
Prestar uma prova para provar que você aprendeu?
Criamos um modelo que forma seguidores do sistema. Que prepara pessoas para serem seres humanos ordinários e medianos.
Mas felizmente também, tem muita gente trabalhando para mudar isso. Movimentos de desescolarização, hackschooling, homeschooling.
Talvez você nunca tenha pensado nisso e esteja em choque com o que estou colocando aqui.
Mas tudo isso está acontecendo.
Silenciosamente, as pessoas estão acordando, se dando conta da loucura que é viver nessa sociedade.
Olhe para todos esses movimentos e tente pensar que tudo está normal.
Eu acho que não está.
Há algo de muito extraordinário acontecendo no mundo.

@gutanaka

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

4 vídeos incríveis com sons binaurais que farão você meditar

Muita gente fala que não consegue meditar.

Os vídeos que eu estou indicando vão te proporcionar um estado de meditação sem dúvida alguma.

O princípio dos vídeos são os sons binaurais, chamados também de drogas digitais, pelos efeitos causados.

Recomendo que o primeiro vídeo seja escutado antes. São apenas 5 minutos. Então ele é indicado para quem tem mais dificuldade em se concentrar.
Para ouvir é necessário fones de ouvido. Prepare um ambiente tranquilo, com pouca luz e mantenha o corpo em uma posição confortável. Permaneça durante os exercícios de olhos fechados e com o corpo imóvel. Foque toda a tua atenção no som.

O segundo vídeo tem 15 minutos. Se foi fácil para você se concentrar no primeiro, ouça esse:


Para quem já está mais acostumado a meditar, recomendo esses 2 vídeos de aproximadamente 1 hora.






PARA SABER MAIS:

"Os tons binaurais foram descobertos em 1839 pelo pesquisador alemão Heinrich Wilhelm Dove.
De acordo com o Centro de Pesquisa Neuroacústica dos EUA, esses tons são sinais de diferentes frequências que, ao serem apresentadas uma a cada ouvido, são processadas pelo cérebro de uma maneira que os dois sinais terminam produzindo a sensação de uma terceira frequência, a onda binaural.
Existem numerosas pesquisas associadas às mudanças na consciência pelo uso de tons binaurais, segundo o Centro de Pesquisa Neuroacústica. Em 1995, os cientistas americanos Owens e Atwater afirmaram que "o efeito subjetivo de escutar sons binaurais pode ser relaxante ou estimulante, dependendo da frequência do tom".
No mesmo ano, um estudo realizado pelo pesquisador Chok C. Hiew demonstrou que os tons binaurais de categorias delta (de 1 a 4 hertz) e theta (de 4 a 8 hertz) estão associados com o relaxamento, a meditação e os estados criativos, além de ajudar a conciliar o sono.
Alguns anos antes, em 1985, o americano Robert Monroe havia declarado que os tons binaurais em freqüências beta (de 16 a 24 hertz) estão associados ao aumento da concentração." (Fonte INFO)
"Ondas binaurais, ou batidas binaurais, são tipos de ondas emitidas em frequências distintas para cada um dos ouvidos, cada emissão possui uma frequência baixa, geralmente entre 100 Hz e 1 KHz, quando os sons atingem os dois ouvidos, são captados e, então, interpretados pelo cérebro, que responde emitindo uma frequência que é igual à diferença das duas frequências captadas pelo ouvido, neste caso, temos diferentes tipos de resposta cerebral: alfa, beta, delta, teta e gama. O cérebro humano emite frequências de magnitudes como essas geralmente apenas durante o sono, especificamente, durante o sono profundo (REM). O estado alfa (8Hz a 12Hz) é chamado de estado de super aprendizado, porque o cérebro parece estar mais receptivo e aberto as novas informações. As pessoas que meditam, fazem isso no estado Alfa." (FONTE: YouTube)

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

A importância da sinceridade nas relações



Abrir a porta da sua vida para alguém, com o coração aberto e a mente tranquila, é o maior sinal de confiança que se está dando. 

É uma pena que muitas vezes, e na maioria delas, a outra pessoa não perceba a chance e a sorte que o Universo está lhe dando. 

A projeção da falta de confiança em si mesmo faz com que o ato de confiar seja um tabu. 

Com isso o outro fecha suas portas e apresenta a máscara que lhe convém, se aproveitando da confiança dada e falando tudo que o outro espera ouvir. 

Pessoas assim têm abismos obscuros dentro de si. Vivem no fundo do poço e acham que estão no topo do mundo. E o outro que está ali, pronto para estender a mão, muitas vezes por ingenuidade ou descuido, acaba sendo puxado para baixo. 

Se você deseja que a sinceridade nas relações reine em sua vida, lembre sempre que a vida é um espelho e vai refletir sempre aquilo que emanamos. 

Quando não agimos com responsabilidade mediante os sentimentos das outras pessoas e agimos de maneira leviana, tenha certeza: suas relações nunca formarão laços verdadeiros em nenhum setor de sua vida e a sensação de vazio e angústia serão uma constante. 

Abra seu coração e fale sempre com verdade, seja lá o que estiver sentindo. 
A verdade limpa os caminhos e os torna fluentes em realização e paz. 

ByNina & Frequência do Bem

Siga @frequenciadobem e @instabynina

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Tire o pó, se precisar


Não deixe suas panelas brilharem mais do que você! 
Não leve a faxina ou o trabalho tão a sério! 
Pense que a camada de pó vai proteger a madeira que está por baixo dela! 
Uma casa só vai virar um lar quando você for capaz de escrever “Eu te amo” sobre os móveis! Antigamente eu gastava no mínimo 8 horas por semana para manter tudo bem limpo, caso “alguém aparecesse para visitar” – mas depois descobri que ninguém passa “por acaso” para visitar – todos estão muito ocupados passeando, se divertindo e aproveitando a vida! 
E agora, se alguém aparecer de repente? Não tenho que explicar a situação da minha casa a ninguém… as pessoas não estão interessadas em saber o que eu fiquei fazendo o dia todo enquanto elas passeavam, se divertiam e aproveitavam a vida… 
Caso você ainda não tenha percebido: A VIDA É CURTA… APROVEITE-A!!! 
Tire o pó… se precisar… 
Mas não seria melhor pintar um quadro ou escrever uma carta, dar um passeio ou visitar um amigo, assar um bolo e lamber a colher suja de massa, plantar e regar umas sementinhas?
Pese muito bem a diferença entre QUERER e PRECISAR ! 
Tire o pó… se precisar… Mas você não terá muito tempo livre… Para beber champanhe, nadar na praia (ou na piscina), escalar montanhas, brincar com os cachorros, ouvir música e ler livros, cultivar os amigos e aproveitar a vida!!! 
Tire o pó… se precisar… Mas a vida continua lá fora, o sol iluminando os olhos, o vento agitando os cabelos, um floco de neve, as gotas da chuva caindo mansamente…. 
Pense bem, este dia não voltará jamais!!! 
Tire o pó… se precisar… mas não se esqueça que você vai envelhecer e muita coisa não será mais tão fácil de fazer como agora… 
E quando você partir, como todos nós partiremos um dia, também vai virar pó!!! 
Ninguém vai se lembrar de quantas contas você pagou, nem de sua casa tão limpinha, mas vão se lembrar de sua amizade, de sua alegria e do que você ensinou. 
AFINAL: “Não é o que você juntou, e sim o que você espalhou que reflete como você viveu a sua vida. 
(Autor desconhecido)

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Falta de Tempo ou Desculpa?!


As pessoas mais ativas, que mais fazem coisas e sempre estão cheias de compromissos, arranjam tempo pra tudo. 
Já as pessoas que quase não fazem nada, vivem dizendo que não tem tempo. Estão sempre cansadas e arranjam desculpas.
Com certeza muitos de nós já passamos pelos dois opostos. Mas como manter o equilíbrio e gerenciar melhor o tempo que você tem?

É preciso compreender a importância do gere
nciamento de nosso tempo.
Tempo é a vida escorrendo pelos dedos...
É a coisa mais preciosa que você tem para conseguir manifestar dentro de si mesmo todas as suas habilidades e capacidades.
Use-o como seu aliado e não como seu inimigo.

Respeite os seus limites.
Perceba a diferença entre dizer que está sem tempo, ou que simplesmente não está a fim.
A gente usa a falta de tempo como desculpa para os outros.
Mas até que ponto você está usando essa mesma desculpa para você mesmo?

Lembra a cada segundo que o tempo não volta nunca e que também não para!
Seu relógio de tempo na existência está lá correndo e cada segundo contém a chance de ganhar ou perder.
Use-o com sabedoria, desfrute-o. Tempo tem sabor de vida!


Texto em duo: ByNina & Frequência do Bem



ATENÇÃO

Muitas imagens do BLOG são fonte de pesquisa na internet.
As imagens que incluem o ByNina na lateral são criadas por mim, geralmente pego frases de outros autores, citando o mesmo e imagens de fundo disponíveis na internet.
Todas as frases e pensamentos com a assinatura ByNina embaixo da arte são de minha autoria.
Lembre-se sempre de citar a fonte quando compartilhar.
E se alguma imagem tiver direitos autorais, entre em contato comigo através do e-mail bynina@hotmail.com que cito o autor ou retiro imediatamente.
Obrigada pela compreensão!

Carolina Carvalho
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...